Carregando...

Startups São Lucas são aprovadas para o programa de pré-aceleração do SEBRAE

Início Notícia

O Centro Universitário São Lucas, por meio da Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão e do Escritório de Inovação e Tecnologia – EMAUE, participou da capacitação Bootcamp, que ocorreu entre os dias 6 a 10 de julho. O evento visou o aconselhamento, capacitação, treinamento e mentoria para o desenvolvimento de Startups. Após a conclusão da capacitação, 5 startups produzidas por alunos e professores São Lucas foram selecionados para a Pré-Aceleração do Conecta Sebrae Startup. 

O Conecta Sebrae Startup com início para o próximo dia 20, deste mês, é destinado para as startups que estão em fase inicial e potenciais empreendedores que buscam estruturação e validação. Serão três meses de atividades, através de workshop e consultorias, apoiados por profissionais altamente capacitados e especialistas no desenvolvimento de novas startups. 

 

STARTUPS SÃO LUCAS 

Entre as Startups apresentadas, cinco delas foram selecionadas para a Pré-Aceleração do Conecta Sebrae Startup. Entre elas, a “Lions Hunters”, aplicativo e site para viabilizar a seleção simplificada e assertiva da mão de obra qualificada e comprometida com a organização buscando seguir carreira na mesma ou na área em questão. Os desenvolvedores são os alunos Dionatan Lacerda; Lidicy Gonçalves; Aldenira Rodrigues e Sérgio Brandão. 

A Startup Recria, que tem como propósito reaproveitar latas de tintas usadas e transformá-las em mini lojas sustentáveis, como ferramenta de combate à violência doméstica, proporcionando geração de renda e independência financeira para mulheres em situação de risco. Os desenvolvedores são os alunos Vera Lúcia de Almeida; Rodrigo Rodrigues Marinho; Cleiton Desmarest Botelho; João Vitor Magalhães Lucena e Pedro Henrique Carvalho Brazil. 

A terceira startup selecionada é a Eat Wel, que se consiste na criação de uma plataforma tecnológica que viabiliza a conexão entre todos os agentes e todos os processos necessários, produtores e consumidores, oferecendo aos futuros consumidores um aplicativo pelo qual ele terá acesso a alimentos com valor nutricional e na quantidade adequada para uma boa qualidade de vida e poderá montar o seu prato de acordo com seu gosto, sua dieta calórica e nutricional.  A Eat Well foi desenvolvida pelos alunos Hélcio Alves; Elizangela Oliveira e Brunna Jéssica. 

Já a startup App Amigo Doador, criada pelos alunos Edwyrlen Alan; Melkia Rothermel; Angry Thifany; Carola Hurtado; Fernanda; Reiany e Juliana Melo, visa contribuir de forma significativa para melhorar a comunicação entre a Hemorrede e seus doadores de sangue. Desta forma, espera-se efetivar os doadores existentes, captar novos doadores de sangue e candidatos a se cadastrarem para serem doadores de Medula Óssea. 

Por fim, a quinta startup “Start Working”, criada pelas colaboradoras São Lucas, busca diminuir as dificuldades de estudantes pela busca de estágio e dificuldades das empresas em encontrar colaboradores ideais. A proposta é a de que Aluno divulgue o currículo e a empresa a proposta de estágio. Dessa forma, auxiliando o candidato desde a busca pela vaga, produção de currículo, dicas, informações importantes, pré-seleção e pré-entrevista e retorno fiel em todas as etapas do processo seletivo.

Vamos Conversar?