Carregando...

São Lucas Solidário leva serviços essenciais às comunidades carentes

Início Notícia

No último sábado 18 de maio, aconteceu mais uma edição do São Lucas Solidário. O evento foi realizado no Centro Social Madre Mazzarello (CESMAZZA) sob organização da Coordenação de Cultura, Esportes e Extensão (Coex) e ofereceu diversos serviços básicos às comunidades dos bairros Socialista, Escola de Polícia e Jardim Santana.

O São Lucas Solidário acontece há 11 anos e tem como principal objetivo oferecer atividades de promoção de saúde e cidadania, além de proporcionar assistência básica em saúde em escolas ou associações de bairro da cidade de Porto Velho (RO), visando facilitar o acesso a saúde e a dignidade social por meio do espírito solidário dos profissionais participantes.

Participaram da atividade os cursos de Medicina, Enfermagem, Nutrição, Administração, Direito, Biomedicina, Ciências Biológicas, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Odontologia. Durante o evento foram oferecidos testes rápidos de glicemia e pressão arterial, orientações jurídicas, escovação e aplicação de flúor, triagem auditiva, orientações posturais, de saúde e nutrição, orientações para entrevistas de emprego e atendimento de Clínico Geral.

Este ano o evento iniciou com atendimentos prévios alguns dias antes da atividade principal. O curso de Enfermagem realizou coleta de preventivos e sangue para análise e entrega aos pacientes no dia 18 de maio. Além da entrega de resultados, os acadêmicos trabalharam junto a população as orientações sobre saúde feminina, educação em saúde e nutrição, além de encaminhamento de pacientes para as unidades de assistência mais próximas.

O curso de Estética também ofereceu cursos de Design de Sobrancelhas e Corte de Cabelo. A entrega dos certificados aconteceu durante as atividades deste sábado na Ação.

De acordo com a Coordenadora do COEX, a Professora Maricélia Cantanhêde, a atividade é uma maneira de propiciar a interação entre alunos e comunidade em uma ação que visa ajudar ao próximo.

“O aluno consegue colocar em prática o que foi ensinado em sala, adquirindo assim a experiência por meio dos atendimentos e a comunidade é beneficiada com esses serviços tão importantes para a população”, destacou a coordenadora.

Para a aluna Thamires Vitória do 10º período de enfermagem, este contato junto à comunidade é a validação do aprendizado.

“Aprendemos a ter a consciência que comunidade precisa de cuidados e atenção. Muitas vezes a unidade de saúde próxima não promove essa orientação e suporte. Os pacientes abraçam a causa do São Lucas e nos abraçam em contrapartida. Esse retorno não tem preço”, concluiu a aluna.

Vamos Conversar?