Carregando...

Acadêmicos do São Lucas participam da III da Diversidade Humana e Interculturalidade

Início Notícia

Nos dias 24, 25 e 26 de outubro, os acadêmicos do Centro Educacional São Lucas, participaram da III Semana da Diversidade Humana e Interculturalidade Crítica sob a supervisão do Profe. Me Rafael Ademir Andrade e pela Profa. Ma Elisângela Ferreira.

O evento visa incentivar o debate relativo à questão da diversidade humana a partir das discussões orientadas por convidados sobre raça, racismo, gênero, sexualidade, a questão indígena, além de problemas e soluções educacionais no Brasil.

O intuito da Semana também é o de suscitar debates acerca das diferentes formas de viver/existir, propondo relações mais equitativas em uma democracia verdadeiramente diversa. A atividade foi dividida em Grupos de debates distribuídos durante os três dias, cujos comunicadores e temas foram previamente selecionados em edital anterior ao evento.

Para o acadêmico do 1º período de Ciências Contábeis Anderson Rodrigues Monteiro, a Semana da Diversidade superou suas expectativas e abriu sua mente para diversas das pautas abordadas.

“Muita gratidão por ter participado deste evento. Com certeza estarei presente no próximo ano”, destacou.

Alguns temas destacaram-se entre o público presente, como os debates voltados para gênero e sexualidade e as questões debatidas sobre a saúde indígena, levanta pelo Professor Lânderson Gutierres.

Para a Profa. Ma. Elisângela Ferreira, uma das organizadoras do evento, enfatiza que todos os debates obtiveram muita interação e cordialidade entre os participantes.

“Como organizadora esta é minha estreia, mas como participante atuo desde a primeira edição. A experiência nessa última foi bem diferente, pois pude ajudar a coordenar e mediar os diálogos. Houveram temáticas diferenciadas e a participação do público foi fantástica e todos se envolveram nas discussões”, frisou.

A acadêmica Miriã Ortiz Passos de Andrade do 2º período de Psicologia destaca a importância deste evento para sua futura profissão, bem como e a identificação com temas de relevância no cenário, como a saúde indígena.

“Me identifiquei mais com o tema  indígenas, pois é um trabalho que eu  busco desde que decidi fazer psicologia. É um campo que não tem em Porto Velho. O evento nos traz um olhar diferenciado, mais humanizado e que procura entender o outro. É uma experiência ímpar que o São Lucas está nos proporcionando”, destacou.

A Semana da Diversidade já está em sua terceira edição e contou com a presença de participante de diversos estamos da Região Norte.

Para o Coordenador de Licenciaturas e Profe. Me do Centro Educacional São Lucas, Rafael Ademir Andrade,a Instituição está consolidando uma história no sentido de trazer a  discussão do o que é diversidade e principalmente pela acessibilidade.

“Todos podem se pronunciar. Se você tiver uma fala e queira comunicar algo, independente da sua política ou ideologia, você é bem vindo. Todas as vozes são bem-vindas”, enfatizou.

Este ano o evento contou também com a participação de alunos de cursos do São Lucas como Direito, Administração, Psicologia, Nutrição, mostrando de fato a diversidade na Instituição.

O Coordenador Rafael Ademir, ressalta ainda o aspecto evolutivo entre a 1º e a 3º Semana da Diversidade.

“A primeira edição foi bastante acadêmica  e a partir da segunda conseguimos trazer as vozes dos movimentos. A  terceira se consolidou neste sentido. Para 4ª edição pensamos em mesclar as falas espontâneas de pessoas que querem ter a sua opinião ouvida, juntamente com os vozes das lideranças indígenas, movimento negro e Lgbt, para que tenhamos diferentes formas de abordagem e todos possam ser englobados.”

“Eu vejo que estamos evoluindo no sentido de sermos democráticos”, concluiu.

Vamos Conversar?