Faculdade São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

NOTÍCIA

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

XIV Jornada reúne acadêmicos e profissionais de Fonoaudiologia no UNSL

Publicada em 14/11/2016 por Departamento de Comunicação e Marketing (NUC)

O Centro Universitário São Lucas, por meio da coordenação do curso de Fonoaudiologia, promoveu nos dias 10 e 11 a “XIV Jornada de Fonoaudiologia”. O evento que reuniu professores, acadêmicos e profissionais da área da saúde, faz parte do calendário acadêmico da instituição.

 

De acordo com a coordenadora do cursos, Viviane Araújo, o Centro Universitário São Lucas tem a responsabilidade social de abrir a todos os profissionais da área os eventos da fonoaudiologia. Isso porque o Estado de Rondônia é carente de eventos nesta área dado ao número de profissionais existentes, que é considerado pouco.

 

Durante a abertura, a coordenadora do curso de Fonoaudiologia, professora Viviane Castro de Araújo, ressaltou que durante dois dias a jornada visa discutir a complexidade do diagnóstico da dislexia e a abrangência dessa condição.

 

“Hoje estamos aqui para promover um evento que ocorre há 14 anos. Em cada ano tem um tema diferente, e o tema deste ano é dislexia. Nós vamos discutir as formas de intervenção e de tratamento não só para fonoaudiologia, mas também com a pedagogia, neurologia e como esse diagnóstico e muito complexo de ser repassado ao paciente”, afirmou a coordenadora.

 

Segundo a professora, a importância de eventos como estes para os acadêmicos, está ligado diretamente ao exercício da profissão. “Quando a gente está se formando, escolhendo uma profissão, temos que estar envolvido com a atualidade, sempre buscar se capacitar. Então fazemos desta jornada um momento de atualização para os profissionais. E para os estudantes é muito importante, porque ele estuda na sala de aula e aqui ele vê a discussão dos mesmos temas em diferentes pontos de vistas, especificamente esse ano o tema e voltado para dislexia, que é uma dificuldade para leitura”, frisou Viviane.

 

Para a participante Maiara Lima, a jornada é um momento único de aprendizagem. “Para nós que já atuamos na área, essa troca de experiente é enriquecedora para nossa profissão e, principalmente, essa discussão de como lidar com pacientes com essa dificuldade de linguagem”, salientou.

 

Ao final a coordenadora recomendou aos participantes que, “aproveitem esse momento, aproveitem todos os outros eventos que nós promovemos. Esta jornada será dois dias de discussão, de conhecimento especifico em como auxiliar uma criança que tem dificuldade na linguagem escrita”, concluiu.

Copyright © 2017 | Faculdade São Lucas