Centro Universitário São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

NOTÍCIA

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

São Lucas doa parte do acervo de Biologia para o Centro de Visitação Ambiental do Município

Publicada em 05/06/2017 por Assessoria de Imprensa

Com cerca de mil peças doadas pela Coordenação de Biologia do Centro Universitário São Lucas (UniSL) e por outras Universidades, o Centro de Visitação Ambiental, localizado dentro do Parque Natural Olavo Pires, foi inaugurado   no sábado,03, juntamente com a reinauguração do parque.

 

Após a abertura oficial, a população tomou conta do espaço, tornando-se um dos locais mais visitados durante o dia, especialmente pelas crianças, curiosas em conhecer  as diversas espécies  de répteis, anfíbios, mamíferos, insetos, plantas e macrofungos da  região amazônica que compõem o acervo.

 

O Centro de Visitação Ambiental, que não chega a ser um museu, passou oito anos fechado. A estrutura existente inicialmente foi demolida e construída outra com 400 metros quadrados. São três salas, sendo um salão expositor, um laboratório e uma sala de análises.

 

O espaço é aberto ao público de terça  a sexta, das 8 às 17 horas, e nos finais de semana e feriados das 9 às 17 horas. Os visitantes encontrarão coleções de botânica, de zoologia e micologia.

 

Stand

 

Ao lado do Centro de Visitação, a São Lucas construiu, há cerca de 12 anos, um stand de madeira e telha de barro para ser utilizado como apoio para os acadêmicos que iam ao parque complementar os estudos, antes dele ser fechado ao público.

 

Com a reabertura da área, a coordenadora do curso de Biologia da UniSL, professora Allyne Cristina Gomes Silva afirmou que será reativado o Projeto "Amigos do Parque" e renovada a parceria com o Município para utilizar o Parque Natural  como base para desenvolvimento de projetos científicos.

 

No sábado, a São Lucas organizou uma exposição de botânica, micologia e zoologia no stand. O que mais chamou a atenção, especialmente das crianças foram as diversas espécies de répteis, notadamente as cobras. Na parte da tarde, a atração foi o professor Flávio Aparecido Tarassini que se vestiu de dinossauro para alegria dos pequenos.

 

Os professores que participaram da seleção e instalação do acervo no “museu” foram  Flávio Aparecido (parte da coleção zoológica,  (Ana Cristina Ramos de Souza (parte da coleção botânica) e Allyne Christina Gomes Silva (coleção micológica). No sábado, os  professores Saymon de  Albuquerque e Glauciane Bifano – responsável pelo laboratório de zoologia da UniSL, integrou a equipe  durante a exposição no stand.

Copyright © 2017 | Faculdade São Lucas