Centro Universitário São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

NOTÍCIA

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

Dia Mundial da Saúde Mental é celebrado com ciclo de palestras no UNISL

Publicada em 13/10/2016 por Departamento de Comunicação e Marketing (NUC)

Em alusão ao Dia 10 de outubro, data em que se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental, o curso de enfermagem do Centro Universitário São Lucas em parceria com a Liga Acadêmica de Enfermagem em Saúde Mental do Estado de Rondônia preparou o I Ciclo de Palestras sobre a saúde mental, realizado no sábado (08) na própria instituição.

 

O evento envolveu acadêmicos, profissionais e usuários do serviço de saúde, entidades governamentais e a comunidade em geral para debater a importância do trabalho humanizado com pacientes e a importância de inserir a temática dentro da atividade profissional para que haja uma relação do corpo e mente.

 

Na abertura, o professor Helton Camilo, destacou que a data de 10 de outubro, foi instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como forma de alertar e conscientizar a população sobre a doença mental e, principalmente, ao preconceito que a população ainda tem em relação ao portador da doença. “A ideia é sensibilizar os participantes para que possam desenvolver um olhar crítico em relação a esses indivíduos tanto na abordagem quanto na condução do tratamento”, ressaltou o professor.

 

Para ministrar os relevantes temas, foram convidados cinco profissionais que atuam em diversas áreas ligadas à doença mental. O enfermeiro Fagner Alfredo Cirino falou sobre a Saúde e Doença Mental na Perspectiva Multidimensional; Daniel Amaral, que abordou o tema: Reforma Psiquiátrica; enfermeira Kaciany Chanato falou sobre o “Atendimento e intervenção com usuários dependentes químicos”; a psicóloga Beatriz Ximenes, falou sobre a Inclusão Familiar e, a psicóloga Priscila Mendes encerrou com o tema: Acolhimento e Humanização.

 

Ao comentar sua experiência sobre o evento, a acadêmica Taíssa Scarlet, do 4º período de enfermagem, explicou que decidiu fazer o curso de enfermagem por entender que a profissão é a que mais cuida de pessoas. “Cursos extracurriculares como este, além de ensinar como ser mais humanizada no tratamento dos pacientes, ajuda dar mais clareza nas disciplinas que estão sendo ministradas em sala de aula”, argumentou.

Copyright © 2017 | Faculdade São Lucas