Faculdade São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

NOTÍCIA

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

Dia do fonoaudiólogo: Entrevista com a fonoaudióloga Tames Cristina Oliveira

Publicada em 09/12/2016 por Assessoria de Imprensa- Departamento de Comun

No Dia do Fonoaudiólogo – 09 de dezembro, o Centro Universitário São Lucas preparou uma série de entrevistas para marcar a data. Confira o bate papo com a Fonoaudióloga Tames Cristina Oliveira Lima, graduada pelo Centro Universitário Nilton Lins (2005), com especialização em Fonoaudiologia Hospitalar (2007) e mestranda em Ciências da Linguagem – UNIR/RO. Atualmente é docente do curso de Fonoaudiologia do Centro Universitário São Lucas, ministrando disciplinas relacionadas à linguagem e supervisora de estágio além de ser Fonoaudióloga da Base Aérea de Porto Velho (BAPV).

 

UNISL:Qual a melhor parte em ser fonoaudióloga?

Fonoaudióloga:A melhor parte com certeza é ver os resultados do seu trabalho e como isso influencia na vida das pessoas, é muito gratificante.

 

UNISL:Porque escolheu essa profissão? Onde e quando formou?

Fonoaudióloga:Resolvi estudar Fonoaudiologia, porque eu sempre amei a área da saúde,quando comecei na Fonoaudiologia, ainda não tinha certeza se era isso mesmo que queria, mas me apaixonei nos primeiros semestres.

Sou graduada em Fonoaudiologia pelo Centro Universitário Nilton Lins (2005) com especialização em Fonoaudiologia Hospitalar pelo Centro Universitário Nilton Lins (2008) em Manaus/AM.

 

UNISL:Qual sua maior realização na profissão até o momento?

Fonoaudióloga:Foram muitas realizações alcançadas, mas sempre destaco o ter me tornado professora no Centro Universitário São Lucas em 2010 e compor o quadro de oficiais convocados da Força Aérea Brasileira em 2013. Tudo que tenho conquistei com a Fonoaudiologia.

 

UNISL:Qual sua maior motivação na profissão?

Fonoaudióloga:São muitas situações motivadoras, sempre que reabilito ou ofereço qualidade de vida a um paciente e recebo a gratidão das famílias destes pacientes, vejo que valeu e sempre valerá a pena continuar.

 

UNISL: Você já enfrentou alguma situação muito difícil na profissão, um desafio, uma dificuldade que precisou superar? O que tirou de positivo?

Fonoaudióloga: No começo foi bem difícil, porque tinha me inserir no mercado de trabalho e continuar investindo em minha profissão. Aos poucos foi melhorando e foram surgindo oportunidades de trabalho. Atualmente tenho 11 anos de formada, amo demais o que eu faço. As dificuldades existem e sempre existirão, mas nessas horas eu penso em tantos outros momentos bons e tantos resultados positivos que já vivenciei!

Digo aos meus alunos que um profissional de sucesso sempre tem uma história de caminhada árdua, mas é esta caminhada que nos fortalece e nos torna pessoas e profissionais melhores.

 

UNISL:Qual seu conselho pra quem gostaria de ser um fonoaudiólogo?

Fonoaudióloga:Estude, estude muito, pois o curso de Fonoaudiologia é um curso lindo, porém complexo. Envolver-se no curso enquanto estudante engrandece seus conhecimentos.

A Fonoaudiologia é um curso muito jovem comparada a outras profissões, é preciso identificar as áreas para poder investir nela. Sempre digo aos meus alunos que não existe retorno sem investimento financeiro para capacitações e tempo de dedicação, com isto o sucesso será consequência.

Copyright © 2017 | Faculdade São Lucas