Centro Universitário São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

NOTÍCIA

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

Curso de Engenharia Civil promoveu palestra sobre os desafios do Saneamento Ambiental no Brasil

Publicada em 25/10/2017 por Assessoria de Imprensa

Os acadêmicos do primeiro e segundo período do curso de Engenharia Civil do Centro Universitário São Lucas participaram na tarde desta segunda-feira (23), da palestra “Os desafios do Saneamento Ambiental no Brasil”, ministrado pelo Palestrante Roberval Tavares de Souza, presidente nacional da ABES (Associação brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) e com a presença do representante estadual de Rondônia da ABES, César Oliveira.

 

Rondônia é o 25º estado que o ABES está passando nos últimos quatro meses, levando a discussão sobre saúde ambiental a todos os cantos do país destacando a importância do saneamento. “O saneamento ambiental deve ser prioridade dos estados e nós precisamos cobrar dos governantes que o saneamento entre na agenda política do país, entre na agenda de investimentos para que possamos melhorar a qualidade de vida da população, melhorar os indicadores públicos, pois saneamento é saúde e nós precisamos levar essa discursão para a sociedade para que os governantes possam ser mobilizados”, enfatizou o presidente da ABES.

 

 

O Srº César Oliveira, representante do ABES em Rondônia aponta a importância de trazer esse tema para o ambiente acadêmico. "A universidade forma profissionais que podem contribuir e muito sobre o saneamento através dos projetos, então quanto antes esse assunto for debatido com os acadêmicos cada vez mais teremos ótimos projetos. Por isso, e de grande importância formar essa consciência nos acadêmicos e na população em geral do valor do saneamento e da estima  seriedade de se ter cada vez mais profissionais qualificados”, disse.

 

 A coordenadora do curso de Engenharia Civil, Eliane Conterato apontou que o saneamento é um tema que deve ser incluído também nas discussões dentro das instituições, em todas as áreas. “Precisamos nos mobilizar para reverter à situação crítica que encontramos na região norte, principalmente em nossa cidade, onde os índices de atendimento são vergonhosos. Precisamos falar mais sobre saneamento e saúde”, concluiu.

Copyright © 2018 | Faculdade São Lucas