Centro Universitário São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

NOTÍCIA

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

Campanha de acadêmicos de Biomedicina do UniSL, Sangue por Sonhos arrecadou 221 bolsas de Sangue

Publicada em 30/11/2017 por Assessoria de imprensa

Acadêmicos do 4º período noturno do curso de Biomedicina do Centro Universitário São Lucas elaboraram na disciplina do Projeto Integrador a campanha “Sangue por Sonhos: Nos seus braços correm sonhos de outras pessoas”.

 

Durante o semestre, foram confeccionados panfletos com forma de gota informando ao público alvo com o que é preciso para doar sangue e os impedimentos, informando também a data e local que foram realizados a campanha de doação.

 

O projeto foi divulgado nas salas de aula do Centro Universitário São Lucas, nas redes sociais (Facebook e Whatsapp ) além de participação dos acadêmicos na Rádio 93,3 FM e na SIC TV.

 

Com ampla divulgação a campanha conseguiu conscientizar 289 candidatos a para serem doadores de sangue, com total de 221 bolsas de sangue coletadas,  desses  voluntários cerca de 76% tornaram-se doador voluntário.

 

O resultado do Projeto Integrador do curso de Biomedicina teve um resultado surpreendente com 29 unidades de concentrado de hemácias, 17 unidades de concentrado de plaquetas e 25 unidade de plasma fresco congelado.

 

A professora responsável pela disciplina do Projeto Integrador, Carola Catalina Navarro Hurtado salientou que o público beneficiado pela campanha foram pacientes com doenças hematológicas, hemorragias leves e graves, pacientes acidentados e participantes de programas com transfusão profilática, bem como o atendimento às cirurgias eletivas e de emergência. “O objetivo dessa atividade é conscientizar e motivar o número de doadores de sangue, ressaltando a carência do tipo sanguíneo raro e a sua extrema importância para salvar vidas”, finalizou.   

 

A acadêmica de biomedicina, Suellen de Oliveira Fappi explicou que o projeto Sangue por Sonhos foi desafiador, prazeroso e satisfatório. “Fiquei muito feliz com os resultados obtidos e com a receptividade de todos com relação à campanha, e quando eu digo “todos” me refiro não somente as pessoas que me ouviram nos pit stops, mas também dos acadêmicos do UniSL  que nos receberam super bem nas salas de aula no momento da divulgação”, explicou.

 

A acadêmica Antônia IIda Rodrigues Pacheco  coordenadora da campanha enfatizou que a principio o objetivo era alcançar 100 doadores e a campanhas atingiu mais que o dobro  esperado. Acreditamos que essas pessoas de, pois de doarem pela primeira vez se tornarem doadores assíduos, pois essa campanha teve esse objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância de doar sangue,  aumentar o número de doadores de sangue, utilizar a doação de sangue como meio de exercer a cidadania, realizar uma ação de coleta de sangue e ressaltar a importância do sangue raro, que está em constante déficit”, esclareceu.

Copyright © 2017 | Faculdade São Lucas