Centro Universitário São Lucas

PRE_TITLE_DEFAULT - TITLE_DEFAULT

Extensão

FALE CONOSCO: (69) 3211-8001

Programas e Projetos de Extensão

Projeto São Lucas Solidário

O crescimento populacional e as transformações sociais às quais vem acontecendo no Estado de Rondônia nos últimos anos e a chegada acelerada do progresso – e com ele suas vantagens, mas também seus problemas, vêm causando um contínuo e crescente desconhecimento dos direitos e do acesso a serviços básicos.

Sendo assim, as escolas representam um ator social importante neste processo, servindo como elo entre os profissionais voluntários e a comunidade em geral. Além de estimular a participação infantil e juvenil como formadores de opinião.

Assim, o Projeto São Lucas Solidário busca a propagação em massa dos direitos a educação, a saúde e a dignidade, conscientizando a população e posterior fortalecimento social do Estado na área da saúde e educação, que somente será possível quando cada pessoa for capaz de reconhecer seus direitos, assumi-los e exigi-los com rigor.

Durante a realização do projeto, em cada bairro da cidade de Porto Velho são realizadas atividades como: Aferição de pressão arterial, coleta de preventivos, escovação e aplicação de flúor, exame de glicemia e tipagem sanguínea, triagem vestibular, triagem imitanciométrica, triagem dos limites auditivos, estimulação de fala e linguagem, aferição de peso e estatura, classificação do estado nutricional (IMC), manipulação massoterápica, avaliação terapêutica, encaminhamento para profissionais especializados, exposição de animais silvestes, orientação jurídica, palestra sobre DST (Projeto Papo Jovem) e no mês das crianças com a realização do São Lucas Solidário “Especial Crianças”, atividades recreativas.

Projeto São Lucas em Ação

O objetivo do Projeto São Lucas em Ação é promover atividades de promoção de saúde/cidadania e também propiciar assistência básica em saúde em escolas ou associações de bairro do município de Porto Velho / RO, buscando oferecer acesso a saúde e a dignidade social através do espírito solidário dos profissionais.

 

Campanha Trote Solidário São Lucas no combate ao AEDES

Em consonância com a Política Nacional de Educação Ambiental lei nº 9.795 de 27/04/99 o Centro Universitário São Lucas realizou o Trote São Lucas no Combate ao AEDES no entorno da instituição (bairro Areal).

A fim de promover a campanha de responsabilidade social, o UniSL realiza o trote solidário objetivando combater a violência respeitando a diversidade existente, promover campanha de sensibilização e orientação acadêmica quanto a prática do trote violento, e remover campanha de sensibilização dos moradores do bairro Areal sobre os perigos da proliferação do Aedes Aegypit; Fazer visitas aos domicílios (mutirão) para eliminação de possíveis criadouros.

O objetivo do “Trote Solidário” é promover a aproximação entre os alunos, à prática de boas ações, em benefício da sociedade. A campanha visa também à sensibilização dos moradores do bairro Areal sobre os perigos da proliferação do Aedes Aegypit, Zika e Chikungunya.

 

Programa reforço escolar UniSL

Apoiando o Movimento Rondônia pela Educação o Centro Universitário São Lucas reforça a sua política de extensão, inclusão e responsabilidade social, convidando todos os seus acadêmicos a participarem unindo forças em prol deste importante Movimento. É simples, basta responder nossa pesquisa informando sua disponibilidade para que assim possamos viabilizar ajuda aos alunos do ensino fundamental (6ºao 9ºano) ou do ensino médio, no contra turno dos referidos alunos, contribuindo para a melhoria dos indicadores da educação rondoniense. Com a ajuda de todos entraremos em uma rota de inovação e de desenvolvimento social econômico, tendo como mola propulsora a educação. Os acadêmicos que participarem terão estas horas computadas como atividade complementar.

 

Objetivos do Programa:

  • Zerar o analfabetismo entre os trabalhadores de Rondônia.
  • Integrar a escola, família e sociedade para melhorar a educação.
  • Implantar projeto de formação para gestores escolares.
  • Reduzir 80% da evasão escolar identificada no Estado;
  • Promover experiências que diminuam ou erradiquem a evasão escolar entre outras.

 

Disciplinas Ministradas:Português, Matemática e Ciências.

 

 

Programa saúde escolar UniSL

O Programa Saúde na Escola (PSE) visa à integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população brasileira. Possui o objetivo de contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino. A escola é um espaço privilegiado para práticas de promoção de saúde e de prevenção de agravos à saúde e de doenças. A articulação entre escola e unidade de saúde é, portanto, uma importante demanda do PSE. O Centro Universitário São Lucas, por meio do Projeto Saúde na Escola, visa contribuir com a elevação do padrão de aprendizagem e posterior qualificação profissional dos escolares matriculados na rede estadual de educação, tornando-os plenos e aptos a compor uma sociedade democrática e cidadã.

 

O Centro Universitário São Lucas contribui com este programa realizando os seguintes atendimentos:

 

Curso de Medicina

- Realização da triagem de acuidade visual nos educandos (teste de Snellen) e identificação de alunos com problemas visuais;

- Avaliação oftalmológica completa, se necessário;

- Confecção e óculos para correção óptica, se necessário;

- Realização de triagem clínica com interpretação de exames laboratoriais.

 

Realizado por uma equipe formada por: 4 médicos e 20 alunos de medicina.

 

Os Ministérios da Saúde e da Educação lançaram o Projeto Olhar Brasil, por meio da Portaria Interministerial nº 15, de 24 de abril de 2007. O projeto prevê um conjunto de recursos para a gestão do cuidado das pessoas identificadas com necessidade de atendimento com profissional especializado e o fornecimento de óculos e outros recursos ópticos, propiciando, assim, condições de saúde ocular favoráveis ao aprendizado do público-alvo, melhorando o rendimento escolar e a qualidade de vida dessa população de forma a reduzir as taxas de evasão e repetência (BRASIL, 2011).

O Projeto Olhar Brasil encontra-se em consonância com o Programa Saúde na Escola. No que diz respeito à saúde oftalmológica, a orientação é a realização de triagem com a utilização do teste de Snellen por profissional de saúde treinado e/ou supervisionado (BRASIL, 2011).

Os alunos que apresentarem alteração na triagem clínica serão encaminhados para Unidade Básica de Saúde de referência e/ou equipe de saúde de referência, conforme diretrizes do PSE.

Os alunos que apresentarem alteração na triagem de acuidade visual serão encaminhados para avaliação oftalmológica completa na Clínica Sol Oftalmologia que tem como responsável técnico o Dr. Renato Velloso, sendo todos os custos arcados pelo Centro Universitário São Lucas.

Após avaliação oftalmológica completa aqueles alunos que necessitarem de óculos serão encaminhados para o Centro Óptico para que seja realizada confecção do óculos, sendo todos os custos arcados pelo Centro Universitário São Lucas.

Para efeito de cálculos utilizamos o estudo publicado pela Revista Brasileira de Oftalmologia que descreve que 30% das crianças em idade escolar necessitam de correção óptica com uso de óculos (GAETE ET AL., 2007).

 

Curso de Fonoaudiologia

 

- Realização de triagem da acuidade auditiva e identificação de problemas auditivos.

 

Realizado por uma equipe formada por 4 fonoaudiólogos e 20 alunos de fonoaudiologia.

A audição é um sentido fundamental para o desenvolvimento da fala e extremamente importante nos processos de alfabetização e aprendizagem. Estudos apontam que crianças em idade escolar apresentam algum tipo de alteração auditiva, sendo a maior parte decorrente de acúmulo de cera ou otite secretora, tratáveis, que interferem no desenvolvimento das habilidades auditivas e no rendimento escolar (BRASIL, 2011).

Essas alterações auditivas, ainda que transitórias e de grau leve, estão associadas a uma série de dificuldades nas crianças: déficits na aquisição do vocabulário, habilidades articulatórias, desatenção, entre outras (BRASIL, 2011).

Os alunos que apresentarem alteração na triagem da acuidade auditiva serão encaminhados para o Hospital Santa Marcelina, enquanto os alunos que apresentarem alterações de fala e/ou linguagem serão encaminhados para a Clínica de Fonoaudiologia do Centro Universitário São Lucas.

 

 

Pré-natal odontológico UNISL

A gestação é um período que propicia inúmeras modificações no corpo da mulher, desde mudanças sistêmicas até alterações bucais. Dentre as alterações bucais podemos destacar os problemas gengivais (gengivite) e os problemas dentários (cárie), que podem causar desconforto como dor, além de sangramento gengival. Assim, este programa tem como objetivo, realizar atendimento odontológico às gestantes atendidas/ acompanhadas pelo Centro de Atendimento a Mulher - CEAM UniSL nas áreas de periodontia e endodontia, proporcionando um melhor equilíbrio da saúde da mãe com a atuação de uma equipe multiprofissional.

 

Projeto de atendimento ambulatorial pediátrico – LANPRO

Este trabalho busca acolher a comunidade do bairro Areal quanto ao atendimento pediátrico. A LANPRO – Liga Acadêmica de Neonatologia e Pediatria de Rondônia – com o apoio do Centro de Ensino São Lucas realizará atendimentos à população alvo para aquisição de conhecimento na área de neonatologia e pediatria, e acompanhamento dessa população, muitas vezes não assistida periodicamente. A importância dos atendimentos aos pacientes se dará no desenvolvimento assistido por profissionais de saúde, promovendo o bem-estar físico e psicossocial, além de ser orientado em relação a práticas preventivas de saúde.

 

Programa de extensão em atendimento ambulatorial pediátrico Santa Marcelina SUPERVISIONADO – PEXPED

O programa objetiva treinar os interessados no atendimento ambulatorial pediátrico no período de recesso acadêmico. Supervisionado pelo Dr. Elierson Rocha  esse programa reverte de importância tanto para os alunos, quanto para a população. “A atividade extracurricular é importante para os alunos e para a população que vem do município de Candeias do Jamari para serem atendidas, uma vez que onde residem praticamente não existe atendimento pediátrico e por isso contam com o nosso ambulatório na Comunidade Santa Marcelina.”

O Programa de Extensão agrega um grande valor social pelo fato de atender com, prazer a quem precisa. “Do ponto de vista pedagógico podemos ver a evolução de alunos recém-saídos do 6º período e que pela primeira vez tiveram a oportunidade de conduzir uma consulta pediátrica. Mas essa evolução também pode ser testemunhada com aqueles alunos que já haviam passado pelo internato.”

Copyright © 2018 | Faculdade São Lucas